Administração e Conselhos

A Brasiliana Participações é administrada por um Conselho de Administração, responsável pelo planejamento e pelas questões estratégicas da empresa. O Conselho de Administração é composto cinco membros efetivos e até 5 suplentes.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Nome Cargo Data de Eleição Data de Posse Prazo de mandato Foi eleito pelo controlador
Julian Jose Nebreda Marquez Conselheiro Efetivo 28/04/2016 02/05/2016 AGO/2019* Sim
Francisco Jose Morandi Lopez Conselheiro Suplente 13/11/2015 01/01/2016 AGO/2018* Sim
Charles Lenzi Conselheiro Efetivo 23/11/2016 24/11/2016 AGO/2018* Sim
Pedro de Freitas Almeida Bueno Vieira Conselheiro Efetivo 8/04/2016 02/05/2016 AGO/2019* Sim
Berned Raymond Da Santos Ávila Conselheiro Efetivo 13/11/2015 01/01/2016 AGO/2018* Sim
Fernando Quintana Merino Conselheiro Efetivo 23/11/2016 24/11/2016 AGO/2018* Sim
Marcelo de Carvalho Lopes Conselheiro Efetivo 13/11/2015 01/01/2016 AGO/2018* Sim

*AGO = Assembleia Geral Ordinária

Para maiores informações sobre nossos Conselheiros, consulte os itens 12.5 e 12.6 do Formulário de Referência da Companhia, disponível no Menu “Arquivos CVM”.

Julian Jose Nebreda Marquez é formado desde 1988 em Direito pela Universidad Católica Andrés Bello, em Caracas/Venezuela, com mestrado em Commom Law Studies e Securities and Financial Regulations pela Georgetown University Law Center nos Estados Unidos da América em 1990. Nos últimos cinco anos, exerceu a função de Presidente da unidade de negócios da Europa do grupo AES, sendo responsável pelos negócios na Bulgária, Jordânia, Cazaquistão, Holanda e Reino Unido. Além desta, também exerceu as seguintes funções: (i) Conselheiro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (organização financeira internacional), de julho de 1993 até abril de 1999; e (ii) Conselheiro de Administração da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A. (companhia aberta cuja principal atividade é a atuação no setor de energia elétrica), de setembro de 2008 até abril de 2009.

Francisco Jose Morandi Lopez é membro efetivo do conselho de administração da AES Elpa S.A. desde dezembro de 2010. É bacharel em Engenharia Civil, com Pós-Graduação em Finanças Corporativas e Mestrado em Administração de Empresas pela Universidad Metropolitana, em Caracas, Venezuela. Atualmente é: (i) Diretor Vice-Presidente e de Relações com Investidores da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A.; (ii) Diretor Vice-Presidente e de Relações com Investidores da AES Tietê Energia S.A.; (iii) Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A.; (iv) membro do conselho de administração da AES Tietê Energia S.A., da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A, membro suplente do conselho de administração da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A., membro suplente do conselho de administração da Brasiliana Participações S.A., AES Chivor & Cia. SCA ESP (companhia aberta cuja principal atividade é a atuação no setor de energia elétrica) e AES Panamá S.A. (companhia aberta cuja principal atividade é a atuação no setor de energia elétrica). Nos últimos cinco anos, além destas, exerceu as seguintes funções: (i) Diretor Geral para America Latina e Africa, de agosto de 2010 a setembro de 2011; (ii) Diretor Assessor do Presidente Regional da AES Corporation para América Latina, de dezembro de 2008 a julho de 201O; (iii) Diretor Vice-Presidente de Implementação de Estratégia da The AES Corporation de maio de 2007 até novembro de 2008; (ii) Diretor Vice-Presidente de Transformação dos Negócios Globais da The AES Corporation de maio de 2006 até abril de 2007.

Charles Lenzi é graduado em engenharia elétrica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUC/RS, especializado em automação industrial pela Universidade de Campinas – UNICAMP, possui MBA em Finanças pela Universidade Caxias do Sul e em Planejamento Estratégico e Gestão de Negócios pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, participou também do Leadership Development Program da Darden Business School – Univerdidade da Virginia (EUA) e do PGA – Programa de Gestão Avançada da Fundação Dom Cabral e INSEAD. Atualmente é: (i) Diretor Presidente da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A., desde abril de 2016; e (ii) Diretor Vice-Presidente da AES Tietê Energia S.A., desde de abril de 2016. Nos últimos 5 anos Charles atuou como: (i) Diretor Presidente da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A.; (ii) Presidente Executivo da ABRAGEL – Associação Brasileira de Energia Limpa; (iii) Diretor Executivo do Grupo Stefani (2008-2010) e, entre 1998 e 2008, ocupou diversas posições no Grupo AES Brasil.

Pedro de Freitas Almeida Bueno Vieira é membro suplente do conselho de administração da Companhia desde novembro de 2015 e Diretor Presidente e Diretor de Relações com o Investidor desde 2016. É bacharel em Direito pela Universidade Santa Úrsula, Rio de Janeiro, com mestrado em Jurisprudência Comparada pela Universidade de Nova York, EUA e MBA In-House Universidade AMBEV. Atualmente é: (i) Diretor Vice-Presidente de Assuntos Legais da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A. desde junho de 2008, responsável pela área de Ética e Compliance desde junho de 2008, pela área de Meio Ambiente desde outubro de 2009, e pela área de Auditoria Interna e Processos de Negócio em novembro de 2011; (ii) Vice-Presidente de Assuntos Legais do grupo AES no Brasil desde maio de 2006; (iii) Diretor da AES Elpa S.A., companhia aberta, cuja principal atividade é a atuação no setor de energia elétrica ; (iv) Diretor de Assuntos Legais da AES Tietê Energia e AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A., companhias abertas, cuja principal atividade é a atuação no setor de energia elétrica; (v) membro do conselho de administração da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S.A., Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A., AES Elpa S.A., AES Tietê Energia S.A. e AES Uruguaiana Empreendimentos S.A. (companhia fechada).

Berned Raymod Da Santos Ávila é bacharel Cum Laude em Administração de Empresas e Administração Pública pela Universidad José Maria Vargas, com pós-graduação Cum Laude em Gerência de Negócios e em Finanças, MBA Cum Laude pela Universidad José Maria Vargas e concluiu o Programa Avançado no Instituto de Estudios Superiores y de Administración (IESA) em Caracas, bem como o Programa de Liderança da AES na Darden School. Atualmente é: (i) Diretor Vice-Presidente Financeiro do grupo AES na América Latina e África desde julho de 2005; (ii) Diretor Executivo de Finanças da AES Global Utility, desde outubro de 2011;(iii) Presidente do conselho de administração da AES Uruguaiana Empreendimentos S.A.; e (iv) membro do conselho de administração da Companhia e das empresas AES Tietê Energia S.A., Brasiliana Participações S.A., AES Gener S.A. (companhia aberta), Companhia de Alumbrado Electrico de San Salvador (CAESS), Empresa Electrica de Oriente (EEO), Companhia de Alumbrado Electrico de Santa Ana, Eletricidad de La Plata (EDELAP), AES Chivor & Cia S.C.A. E.S.P. (companhia aberta), AES Sonel e Dayton Power & Ligth, companhias cuja principal atividade é a atuação no setor de energia elétrica. Possui 25 anos de experiência em finanças corporativas internacionais no setor de serviços de geração, transmissão e distribuição na América Latina e, recentemente, na África. Além dessas, também exerceu a posição de: (i) Diretor Financeiro e Controller na Venezuela, El Salvador e Colômbia, de maio de 2000 a junho de 2005.

Fernando Quintana Merino é bacharel em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com LLM pela Columbia Univesity School of Law, New York, Estados Unidos da América. Atualmente exerce: (i) a atividade de consultoria; e (ii) conselheiro de administração efetivo da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A., desde novembro de 2016. Nos últimos 5 anos Fernando atuou como: (i) Diretor Jurídico da Companhia Siderúrgica Nacional – CSN de 2008 a 2014; e (ii) Diretor Jurídico Corporativo do Grupo de Pão de Açúcar – GPA de 2014 a 2015.

Marcelo Lopes é bacharel em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é também membro efetivo do conselho de administração da Companhia Brasiliana de Energia (desde outubro de 2006) e da AES Tietê S.A. (desde dezembro de 2005). Nos últimos cinco anos, além destas, exerceu as seguintes funções: (i) Presidente do Badesul - Agência de Fomento do Rio Grande do Sul (uma empresa do governo gaúcho) entre abril de 2011 e abril de 2015; (ii) Diretor Superintendente do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio Grande do Sul de janeiro de 2009 até março de 2011; e (iii) Diretor-Geral do CENSIPAM na Casa Civil/PR – Presidência da República de junho de 2006 a dezembro de 2008.

CONSELHO FISCAL

Nome Cargo Data de Eleição Data de Posse Prazo de mandato Foi eleito pelo controlador
Raimundo Claudio Batista Conselheiro Efetivo 20/04/2017 24/04/2017 AGO/2018* Sim
Mário Shinzato Conselheiro Suplente 20/04/2017 24/04/2017 AGO/2018* Sim
Luis Eduardo Frisoni Junior Conselheiro Efetivo 20/04/2017 24/04/2017 AGO/2018* Sim
Maria Carmen Westerlund Montera Conselheiro Suplente 20/04/2017 24/04/2017 AGO/2018* Sim
Sebastião Bergamini Júnior Conselheiro Efetivo 20/04/2017 24/04/2017 AGO/2018* Sim
Kurt Janos Toth Conselheira Suplente 20/04/2017 24/04/2017 AGO/2018* Sim

*AGO = Assembleia Geral Ordinária

Raimundo Cláudio Batista é bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Minas Gerais e MBA em Controladoria pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeira (FIPECAFI). Atualmente é: (i) sócio da Domingues Sociedade de Contadores desde 2015 e também da B.TAX Consultoria Fiscal Financeira desde 2012; e (ii) associado do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa – IBGC, seção Paraná, desde 2016; e (iii) associado e membro do Conselho Fiscal do IBEF – Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças, para a gestão 2017 e 2018. Foi sócio de consultoria tributária da Deloitte Touche Tohmatsu (auditoria e consultoria) de 2002 a 2012. Anteriormente sócio de consultoria tributária da Arthur Andersen. Nos últimos 5 anos, Raimundo Cláudio Batista, não esteve sujeito aos efeitos de qualquer condenação criminal, qualquer condenação ou aplicação de pena em processo administrativo perante a CVM e qualquer condenação transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que tivesse por efeito a suspensão ou a inabilitação para a prática de qualquer atividade profissional ou comercial.

Mário Shinzato é Bacharel em Ciências Contábeis pela Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo – FACESP em 1984, com MBA (Master in Business Administration) pelo IBMEC em 1998 e Mestrado em Contabilidade pela Pontifícia da Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) em 2010. É membro do conselho fiscal da AES Tietê Energia S.A. desde janeiro de 2016. Ao longo de sua carreira profissional participou de diversos cursos de especialização dos, dentre os quais: (i) Effective Communication Course pela Syracuse University; (ii) Cost Management and Controlling pela SAP; (iii) Treinamento em USGAAP – Módulo Básico pela PricewaterhouseCoopers Brasil Ltda; (iv) Accounting for Contigencies pela PricewaterhouseCoopers; (v) Demonstrações Contábeis pelo Ibracon; (vi) Aplicação da Consolidação de Contas e Investimentos em Controladas e Joint Venture pelo Ibracon; (vii) Componentes da Demonstração de Resultados pelo Instituto dos Auditores Independentes do Brasil - IBRACON; (viii) Ativos e Passivos não Financeiros pelo Instituto dos Auditores Independentes do Brasil - IBRACON; (ix) IFRS training For AES Latin America and Africa region pela Deloitte Touche Tohmatsu LLP; (x) Workshop de Técnicas de Treinamento pela Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A.; (xi) VIII Seminário Internacional CPC “As Normas Internacionais de Contabilidade” pela Fundação de Apoio ao Comitê de Pronunciamentos Contábeis - FACPC; e (xii) Curso eLearning de Avaliação de Empresas pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras - FIPECAFI. Nos últimos cinco anos, exerceu a função de gerente BRGAAP/ Gerente de Projeto do grupo AES Brasil de janeiro de 2008 a julho de 2015. Mário Shinzato não tem qualquer condenação criminal, qualquer condenação em processo administrativo da CVM, nem qualquer condenação transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que tenha suspendido ou inabilitado a prática de atividade profissional ou comercial.

Luis Eduardo Frisoni Junior é bacharel em Administração de Empresas pela EAESP/FGV - Fundação Getúlio Vargas e em Ciências Contábeis pela Universidade Paulo Eiró. Atualmente é consultor independente. Foi sócio da PricewaterhouseCoopers (“PwC”) - Brasil de agosto de 1988 a setembro de 2010, tendo ocupado as seguintes funções nacionais e internacionais além da responsabilidade por auditoria de clientes: (i) responsável pela prática em Minas Gerais de julho de 1988 a fevereiro de 1992; (ii) network de firmas PwC na América do Sul: (a) de março de 1992 a junho de 1995, sócio coordenador de finanças;(b) de julho de 1995 a junho de 1999, sócio coordenador de operações;(c) de julho de 1998 a junho de 1999, sócio coordenador de auditoria;(d) de julho de 1999 a junho de 2001, Deputy Senior Partner; (e) de julho de 2001 a setembro de 2010, Senior Partner;(iii) no network global da PwC, de julho de 2001 a setembro de 2010, membro efetivo do principal órgão de liderança do network global. Foi ainda membro do conselho fiscal da AES Elpa S.A. de abril de 2012 a abril de 2014, da JBS S.A de abril de 2013 a abril de 2014, da AES Tietê Energia S.A. e Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A (companhias abertas) até abril de 2016. Luis Eduardo não tem qualquer condenação criminal, qualquer condenação em processo administrativo da CVM, nem qualquer condenação transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que tenha suspendido ou inabilitado a prática de atividade profissional ou comercial.

Maria Carmen Westerlund Montera é membro suplente do Conselho Fiscal da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo, desde maio de 2011. É economista formada pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro da Universidade Candido Mendes, é também bacharel em Letras pela PUC/RJ, com especialização em Mercado de Capitais na EPGE/FGV/RJ e possui MBA Executivo pela Coppead/UFRJ. Atualmente é membro do comitê de auditoria e riscos e do comitê de governança e gestão de pessoas da Tupy S.A (cia aberta industria metalúrgica de fundição) desde 2009. Foi gerente na BNDES Participações S.A.- BNDESPAR responsável pelo investimento em empresas e em fundos de investimentos, de 1987 a 2002, chefe do Departamento de Comunicação e Cultura do BNDES em 2004 e economista do Departamento de Gestão e Acompanhamento da Carteira da BNDESPAR de 2005 a junho de 2013. Foi também membro do Conselho de Administração da Tupy S.A. de 2006 a 2013 e da Cia de Distribuição de Gás do Rio de Janeiro (cia aberta concessionária distribuidora de gás) de 2006 a 2012, membro do Conselho Fiscal da AES Elpa em 2011-2013 e da AES Tietê SA em 2011-2013, 2014-2015 (cias abertas). Foi ainda, membro do Conselho de Administração e dos comitês financeiro e de gestão da Brasil Ferrovias e da Ferronorte SA (cias abertas concessionárias de ferrovias), membro do comitê de investimentos do Fundo FIP Brasil Energia e do Fundo de Petróleo, Gás e Energia e membro do Conselho de Administração de Spes prestadoras de serviços para a Petrobrás (Companhia de Recuperação Secundária CRSEC, Marlim Participações e Nova Marlim Participações) e membro suplente do Conselho de Administracão da Net Serviços de Comunicação SA e do comitê de Finanças da Telemar Participações SA. Maria Montera não tem qualquer condenação criminal, qualquer condenação em processo administrativo da CVM, nem qualquer condenação transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que tenha suspendido ou inabilitado a prática de atividade profissional ou comercial.

Sebastião Bergamini Júnior trabalhou no BNDES entre 1977 e 2008, tendo exercido os cargos de subchefe da auditoria interna por quatro anos; gerente do departamento de avaliação de risco de credito de empresas não-financeiras por treze anos; gerente de analise de projetos de investimentos na área de infra-estrutura por um ano; gerente de carteira de investimento, acompanhamento e venda de produtos de renda variável por dois anos; e analista de projetos industriais por dez anos. Foi Membro do Conselho Deliberativo da FAPES- Fundação de Previdência e Assistência Social do BNDES (mandato 2007/11), tendo sido presidente do Conselho Fiscal da FAPES (mandato 2002/07). Integrou o conselho fiscal da CVRD (1994/95). Foi membro efetivo do Conselho Fiscal da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A. até abril de 2017.É certificado pelo IBGC como Conselheiro de Administração e Conselheiro Fiscal, pelo ICSS como profissional especializado em previdência e pela ANBIMA como profissional certificado CPA-20.Sebastião Júnior não tem qualquer condenação criminal, qualquer condenação em processo administrativo da CVM, nem qualquer condenação transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que tenha suspendido ou inabilitado a prática de atividade profissional ou comercial.

Kurt Janos Toth é graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal Fluminense (1973), e pós graduado em Finanças pela Pontifícia Universidade Católica/RJ em 1977. Atualmente é membro do conselho deliberativo da Fundação de Assistência e Previdência Social do BNDES- FAPES, desde 2012. No período entre julho de 1971 a março de 2008, trabalhou no Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES, onde exerceu as seguintes funções: (i) Economista no Departamento de Controle Interno; (ii) Chefe de Departamento no Departamento de Crédito; e (iii) Chefe de Departamento de Bens de Capital e de Indústrias Tradicionais da Área de Projetos Industriais. Participou de treinamentos nas áreas de projetos, gestão e finanças, tais como Environmental Management Workshop, promovido pela lnternational Finance Corporation (IFC), e Corporate Credit Risk Analysis, promovido pela Standard & Poor's, ambos em 2000. Kurt JanosToth foi membro do conselho fiscal da Vale S.A. (companhia aberta que atua no setor de mineração) e Centrais Elétricas Brasileiras S.A.- Eletrobrás (companhia aberta focada na geração, transmissão e distribuição de energia elétrica), foi também conselheiro fiscal da AES Elpa S.A. e AES Tietê (companhias abertas) desde maio de 2009, além de membro do conselho fiscal da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A. desde maio de 2009 até abril de 2017. Kurt Toth não tem qualquer condenação criminal, qualquer condenação em processo administrativo da CVM, nem qualquer condenação transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que tenha suspendido ou inabilitado a prática de atividade profissional ou comercial.

A diretoria da Brasiliana Participações é composta por 2 diretores, dos quais um cumulará a função de Diretor de Relações com Investidores.

Nome Cargo Data de Eleição Data de Posse Prazo de mandato
Pedro de Freitas Almeida Bueno Vieira Diretor 07/03/2017 07/03/2017 até 31/12/2017
Julian Jose Nebreda Marquez Diretor Presidente e de Relações com Investidores 07/03/2017 07/03/2017 até 31/12/2017

Julian Jose Nebreda Marquez é formado desde 1988 em Direito pela Universidad Católica Andrés Bello, em Caracas/Venezuela, com mestrado em Commom Law Studies e Securities and Financial Regulations pela Georgetown University Law Center nos Estados Unidos da América em 1990. Nos últimos cinco anos, exerceu a função de Presidente da unidade de negócios da Europa do grupo AES, sendo responsável pelos negócios na Bulgária, Jordânia, Cazaquistão, Holanda e Reino Unido. Além desta, também exerceu as seguintes funções: (i) Conselheiro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (organização financeira internacional), de julho de 1993 até abril de 1999; e (ii) Conselheiro de Administração da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A. (companhia aberta cuja principal atividade é a atuação no setor de energia elétrica), de setembro de 2008 até abril de 2009.

Julian Jose Nebreda Marquez é formado desde 1988 em Direito pela Universidad Católica Andrés Bello, em Caracas/Venezuela, com mestrado em Commom Law Studies e Securities and Financial Regulations pela Georgetown University Law Center nos Estados Unidos da América em 1990. Nos últimos cinco anos, exerceu a função de Presidente da unidade de negócios da Europa do grupo AES, sendo responsável pelos negócios na Bulgária, Jordânia, Cazaquistão, Holanda e Reino Unido. Além desta, também exerceu as seguintes funções: (i) Conselheiro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (organização financeira internacional), de julho de 1993 até abril de 1999; e (ii) Conselheiro de Administração da Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo S.A. (companhia aberta cuja principal atividade é a atuação no setor de energia elétrica), de setembro de 2008 até abril de 2009.

Copyright 2015 Brasiliana - Todos os direitos reservados

Desenvolvido: RIWEB